segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Quero sair desse Abismo

Estou aqui, trancado, desolado e desalmado...

Sem trabalho há três anos, sem nada há muitos outros anos, sem fé, sem nada a temer, sem nada para sonhar e sem nada a falar...



Será que as emoções ficam quando partimos?

Será que os sonhos nos acompanham quando deixamos de ser gente?

O absurdo é que quando alguém está no poço, à beira do caminho, mais pra lá do que pra cá, ninguém procura estender as mãos, até evita.

Depois quando nada mais há de fazer, a pessoa morre, vai pro saco, vai pro beleléu, bate com as botas, então, aquela mesma pessoa ou mesmas pessoas que nunca fizeram nada para levantar os ânimos daquele moribundo, chega no túmulo do coitado e diz:

- não sabia que ele estava tão mal, coitado, era gente boa.

Que cinismo, que falta de caráter.

Mas é isso, o mundo feito pelo egoísmo, levado a todo custo.



Hoje em dia, quem ajuda os outros é chamado de otário, de burro e idiota, porque não vai ganhar nada em troca.

Isso não é sobreviver, isso é bem pior que morrer.

O egoísmo, idolatria aos partidos não-miseráveis.

Mas, tem um ditado muito idiota, criado há pouco tempo que diz:

- a fila anda.

A fila anda mesmo, esse ditado é puro materialismo, satanismo e por aí vai.

Quando as pessoas que precisam de você batem em sua porta, o que você diz a elas?

Se é que conseguem chegar à sua porta.



Depois, você vai a algum Templo Religioso, pede a Deus, milhares de coisas e quando Deus não te atende, volta no Templo de novo pedir a Deus uma explicação...

É sempre assim.

É sempre a mesma coisa.

Jesus, andando numa das vilas pobres onde morava, encontrou duas senhoras distintas reclamando do tempo, da chuva que chovia demais e de quando havia seca a fome assolava...

Nada para elas estava bom.

Então Jesus disse o porquê dessa revolta toda, pois nada lhes faltara.

Uma delas, a mais velha, falou:

- Ora, Mestre, tú sabes que quando chove, as águas levam tudo e quando há sêca, nada brota e tudo fica sem vida.



Jesus, silenciou por uns minutos e indagou:

- Nada é pela metade, se Deus manda muita chuva ou deixa a terra secar demais é por um motivo.

- Isso é um alerta para todos, pois, se soubermos agradecer pela chuva e pela sêca, talvez o Criador, nosso Pai amenize em algo.

Então as senhoras começaram a indagar em voz muito alta, de que Deus fazia aquilo porque ele não estava no lugar delas.

Jesus irritado com essas palavras, manteve a calma e sereno respondeu:

- Deus dá o cobertor conforme o frio, vejam onde erram, vejam o que seus semelhantes estão fazendo, depois, reflitam e pensem o que está errado.

- Muitas vezes não enxergamos nossos erros e queremos só coisas boas.

Então as Senhoras começaram a orar, rezar e só agradecer e pedir perdão pelo que andavam fazendo de errado e não sabiam.

No ano seguinte, tudo ficou melhor, chovia o necessário e a sêca não castigou muito.



As coisas foram se resolvendo aos poucos.

É o que acontece hoje em dia.

Tudo vai mal por uma razão, e qual é?

O que será que o "mundo" está fazendo de errado?

Pensem bem nisso.

O próximo pode não retribuir em nada por você ajudá-lo, mas pode ajudar a outros, até mais do que você fêz por eles.

Nem sempre somos retribuídos pelos nossos atos, pois outra pessoa que não conhecemos pode nos ajudar, sem saber que outros o ajudaram até mais do que fizeram por você.

As coisas da vida são assim, uma corrente que sempre busca um rumo, um caminho e uma vitória.



Seja feliz ajudando a quem precisa, mesmo que isso te dê muito prejuízo financeiro, Deus Proverá.

Acredite.

Pode acreditar que sim.

Paz Irreverencial.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.