quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

A Dor que não pára

Tudo continua.

Um ciclo que não cessa.

A vida por um triz, a dor que não pára, a ferida que não sara.

Somos tão frágeis assim?

Mundo cruel, doenças à parte.

Amor se extinguindo.

Uma luta interminável, formigas em profusão.

Somos o quê?

Porque as respostas não aparecem?

Tanto sofrimento, tanta coisa por vir, mas nunca chega.

Deus não aparece, Jesus nos esquece, os sofrimentos estão florando em todos os lugares.

Valores desvalorizados, quem merece não o tem.

Mas o que é isso?

Estamos numa luta perdida, médicos corruptos, convênios com funerárias levam pessoas à morte por fragilidade causada pelo capitalismo cruel.

Os valores dos homens, mulheres e crianças, tudo perdido, o que conta é o dinheiro.

O capital corre nas veias dos povos, infames, corruptos e cruéis.

O Amor tem contrato definido, tudo no papel, chip nas mãos ou na testa, chips nos documentos de identidades, povos marcados como Gado que somos para os Poderosos, somos tolos e aceitamos tudo, com ou sem vaselina, aceitamos e não fazemos nada para mudar, só aceitamos...

A Resistência está muda, calada, de vez em quando se manifesta, nada de caras pintadas, isso é politicagem, apenas no modo radical, alguém "inocente" tem que pagar.

Jogadores de futebol completam a lavagem cerebral, o Esporte inerte, afinal temos que nos contentar com PÃO E CIRCO, para nos entreter e nos fazer esquecer que estamos sendo manipulados, o ser humano é muito maleável, corruptivo sem muito esforço.

Hospitais camuflados em um "açougue" de carnificinas medicinais APROVADAS pole Clero.

Pessoas morem, um qualquer na multidão se foi, ninguém chorou, porquê?

Os multi-milionários, atores e atrizes, grandes celebridades, aqueles com muitos FÃS, que nunca ligaram pra vocês, que tem até nojo da pobreza, do povão, pessoas que nunca se importaram com você, quando partem a algures que os esperam, vocês choram, se manifestam, cultuam...

Isso é manipulação social.

Isso dá certo, então tem que continuar.

Aqueles que morrem nas filas dos hospitais, pessoas perdem a fé em tudo, são seres humanos, com planos e sonhos em vão, uma vida que perdeu a vontade de viver...

Valores trocados, vidas atadas pelo capitalismo.

A DOR é inerte ao tempo, algo que corrói em todos os sentidos.

Pessoas assistem Jornalismos com suas mensagens SUBLIMINARES, enganando a quem querem ser enganados.

Repórteres com seus salários milionários chorando a pobreza de seu povo, mas nunca fazem nada para mudar, o que importa é o LUXO e a OSTENTAÇÃO...

"A dor de quem não tem nada é nada para quem tem muito".(LUCAOVNI)

Será que algo vai mudar, o ser humano acordará?

A Resistência provoca explosões, entre mortos e feridos alguém acorda, os meios de comunicação dizem muitas coisas, terrorismo é uma delas, mas isso é RESISTÊNCIA.

Numa guerra sempre tem mortos e feridos, se não por bem, então vai pelo caminho dolorido.

Pessoas protegem seu Patrimônio, alarmes, cercas elétricas, armas de todo tipo, colocam a culpa no irmão, no seu próximo, mas não procura MATAR o mal pela raíz, com melhores escolas, melhores condições de vida, controle de natalidade, mobilidade social, infra-estrutura física, moradia, igualdade social, igualdade racial...

Educação a quem mereça ser educado e não a quem possa ser educado.

Muitos usam o termo educação por status social, fazem universidades por status, coisas do hipnótico capitalismo.

Mas muitos anseiam por estudar para aprender um ofício, uma profissão, um caminho em suas vidas, mas são impedidos, impelidos, "chutados" para fora do sistema infame...

"O que quer não pode e o que pode não quer".(LUCAOVNI)

Estamos numa dor constante, sem remédio e sem cura, sem solução, sem dádiva, sem glória, sem nada a dizer e muito a temer.

Os ricos mais ricos, os pobres tentam sobreviver e quando conseguem esquecem suas origens, se corrompem ao sistema.

Mas a Resistência não pára e o povo nunca acorda, mas resistir é o caminho, de uma forma ou de outra, temos que acordar, isso ainda vai acontecer.

Muitos morrem tentando, outros não, mas são assassinados pelo cruel sistema.

Crianças ricas em escolas milionárias, elas não tem culpa de serem o que são.

Crianças pobres, nascem no lixo da miséria, elas não tem culpa se seu maior legado, a marginalidade, quem se importa com elas?

Se alguém tem mais, segura para não perder e quem não tem nada luta para conseguir ter.

Mas ter é muito relativo.

Eu quero ter Paz e união entre os povos.

Meu vizinho não pensa assim, Ele quer ter Carros do Ano, importados, Automáticos, quer ter uma televisão do tamanho da parede de sua sala, quer ter tudo que o seu capital pode comprar, mas não quer nem saber se quando partir a algures do desconhecido irá sem nada, assim como chegou vai...

As pessoas se perdem na ilusão do Capitalismo, navegam no Mar do Materialismo e se afundam no "Mundo Novo" que terão que ir...

A vida nos dá uma oportunidade e a morte chega como um tribunal, condenando, julgando e absorvendo a quem merece, condenando a quem merece.

Existem muitos condenados que pedem perdão na hora de partirem, isso quando o tempo os permite, o perdão é dado a quem merece.

Segundo a Bíblia, nem todos que perdem perdão serão perdoados, assim como na terra, muitos pedem desculpas, mas nem todos são desculpados...

A vida nos dá uma oportunidade de mudança, mas a corruptividade do sistema fala mais alto.

As crianças, quando podem($$$), nascem com a cara nos tabletes, computadores e celulares, sendo bombardeadas por sinais imperceptíveis Subliminares, um meio de corromper a atitude do ser humano.

A tecnologia é fundamental, para a ciência, medicina, transporte e outras coisas mais, mas usam a tecnologia para corromper, diluir o que é sólido e transformar, como a lapidação da rocha bruta.

Muito fácil de ser corrompido, vulnerável, o ser humano está caminhando para uma névoa, um véu que penetrará e não mais poderá retornar, irá caminhar no deserto, na obscuridade de seu futuro, traindo o futuro dos que estão chegando, um efeito cascata, algo que será incorrigível se não for reparado em tempo.

Estamos num barco à deriva, afundando cada vez mais, sinais dos céus, círculos nas plantações, "coisas explodindo" aqui e ali, os sinais estão em nossa volta, aparecem.

Os descrentes negam autoria superior Universal, colocam a "culpa" nos seus semelhantes humanos, a tentativa de nos avisar é óbvia, mas vão continuar tentando até quando perceberem que nada mais podem fazer.

O individualismo machuca, o isolamento social corrói, destrói, tem várias armas, uma delas, a principal é o SUICÍDIO.

Quando uma pessoa amiga, um parente, alguém próximo comete tal crueldade consigo mesmo vem sempre a indagação:

- porque "fulano de tal' não me procurou?

Poderia tê-lo ajudado, ele(a) poderia ter me pedido ajuda.

Podem acreditar, a pessoa quando comete tal ato, procurou por todos, mas ninguém o quis ouvir.

Muitas vezes, como de costume, as pessoas estão tão preocupadas em conseguir TER, estudando por demasia, trabalhando de modo escravo, sonhando com cifras e muito Poder Aquisitivo que não dá ouvido a alguém próximo, poderia ser segundos, minutos que salvariam uma vida.

As pessoas preferem abraçar seu cofre, sua carteira, sua bolsa valiosa do que abraçar alguém que procura conforto em seus braços.

O Mês em que o Capitalismo impera, consome e corrói é o mês de dezembro, Natal, sinônimo errático de Paz e Amor.

Se não tem, nada de Feliz Natal e Próspero Ano Novo, palavras robotizadas que tem sentido capitalista.

Amor sem dinheiro não existe, pobreza não merece amor, desempregados são vagabundos, julgados por um Júri infame que procura sempre quem tem, desprezando quem não tem.

As pessoas não buscam mais uma palavra Amiga, se enterram em futilidades, como Novelas, Redes Sociais, tentam adentrar em um Mundo imaginário, mundo ilusório, do qual só irão acordar quando embarcarem na Nave da perfeição, do Juízo, da real vida, do mundo onde a negação não existirá mais, sem redes sociais e sem Poder Aquisitivo, onde o Bônus-Hora é o que interessa.

Para muitas crenças, quando nos transformamos em "névoas", no mundo invisível, não podemos mentir, não por sujeição, mas por necessidade de não o fazê-lo.

As Dores aqui acumulam, o sofrimento não tem limites.

Pessoas que nunca são percebidas no meio social que merecem atenção são desprezadas.

Curso Superior, Bens Materiais, tudo isso é o pagamento para Ser alguém, mas Ser não é o mesmo que Ter.

Quem É, sabe que nada pode corrompê-lo, quem Tem sempre se corrompe e se enterra num mundo onde não há volta.

Profissões são criadas, outras defasadas, pessoas desiludidas, pessoas obedientes a um sistema que comanda, constrói destruindo.

Demolir para renovar, é isso que estão fazendo com vocês, não generalizando, claro, mas quase todos são SUJEITOS aos planos dos Senhores do Mundo, o preço para quem entra no barco da maldade da corrupção, enganação, materialismo, capitalismo...

É Alto demais.

Nem sempre o melhor é mais caro.

Podemos observar a Lua, As Nuvens, os Céus, a Natureza e tudo isso é belo, e o melhor, de graça.

Mas tudo que é de graça não presta, "quebra" com facilidade, isso é o que o capitalismo impõe.

As melhores coisa da vida são gratuitas, nada pode comprar um caráter, o que corrompe é o estado da ganância, o EGOÍSMO de querer ter mais que o seu próximo.

Muitos trocam de carro todo ano, muitos que podem fazê-lo.

Muitas pessoas querem coisas novas, lançadas no mercado, novidades, isso é uma DOENÇA.

Todos os anos vão ter coisas novas, isso não significa que o que está usando não serve mais.

Sempre vão haver novidades.

Crianças nascem todos os anos, então, se nasce temos que eliminar quem está aqui há décadas, imprestável, obsoleto, a terceira idade é descartável...

As novidades existem, mas as coisas que já estão há mais tempo funcionam, até melhores que as novidades.

O Termo NOVIDADE de mercado comercial é uma grande evolução HIPNÓTICA criada pelo Capitalismo.

Isso se transformou em doença, digamos Doença Social.

Existem pessoas que fazem de tudo por uma "novidade de mercado".

O Comércio precisa de consumismo, alimentando o grande e poderoso capitalismo.

Aqui, batemos o martelo sobre condições sociais, Materialismo, Consumismo e essas coisas, não somos Anti-Nada.

Somos somente mais um na multidão, um qualquer.

Estamos preocupados com esse "pavio", se ele ainda vai continuar aceso, se a Bomba vai explodir um dia.

O Pavio do Materialismo, da Maldade Social, do Individualismo, da Dor da Solidão, do Preconceito e de muito mais...

Estamos triste com tudo isso, não somos perfeitos, somos pessoas sofredoras, pessoas com sentimentos Universais, somos um grão de areia frente a essa batalha por melhores dias, melhores condições de vida, igualdade entre pobres e ricos na hora da doença, da dor e Espiritualidade Universal.

As pessoas que tanto pregam a igualdade Universal de Classes sociais, Preconceitos, Miséria, nunca passaram por nada disso, são diplomatas que se criaram em cursos universitários e querem sua fama no livro dos "bondosos", querem seu nome santificados, mas nunca foram miseráveis, nunca vasculharam lixos em busca de comida, nunca conviveram em comunidades excluídas pela sociedade, as ditas favelas.

As pessoas que combatem a miséria nunca sentiram na pele o que é sofrer por falta de comida, dormir para não sentir fome, muitos mendigos adormecem pelas calçadas por fraqueza, falta de alimento dá sono, passamos por isso...

Muito ruim a diplomacia, muito pior os que acreditam neles...

As pessoas poderosas se fazem acreditar.

Os defensores da dita Exclusão Social jamais foram exclusos de nada, apenas conseguiram seus diplomas de assistentes sociais e outras coisas mais, não se importando com miséria e afins.

Os pobres são vulneráveis à mentira, marginalidade, pois Marginal é aquilo que esta às margens de alguma coisa.

Os Pobres e Excluídos sempre estão às Margens de alguma coisa.

A vulnerabilidade é fato, real, pois a sobrevivência não escolhe raça e nem cor, apenas a sobrevivência, isso pode ser evitado.

Pessoas do Poder poderiam dar melhores condições de saúde, trabalho, moradia, alimentação, para que o indivíduo excluso possa reerguer e ressurgir das cinzas, criando expectativas de concluir seus sonhos quase impossíveis...

A Dor não é somente física, a Dor existe em vários planos, vários sentidos, várias formas...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.