quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Semear para Colher

Estamos fazendo nossa parte, é o que temos, raciocínio, mãos e dedos para teclar tantas linhas...

Acreditamos que nossa luta não se perca no esquecimento.

Até o momento temos mais de Mil visitas, é pouco?

Claro.

Mas se publicássemos fofocas de novelas, notícias trágicas, estaríamos com certeza com um número considerável de visitantes.

O texto abaixo é mais uma das tantas lições que são espalhadas pelo brasil e pelo mundo em forma de panfletos e livretos "grátis" que muitos jogam fora após receber de um Cristão qualquer...

Todos nós vivemos numa Nave, um Planeta que flutua num Universo incompreendido, algo o segura ali, algo acontece, enquanto isso devemos ser bons com todos, pedir desculpas e desculpar.

Obrigado aos Visitantes, agradecemos de coração.

Sejam Felizes e nós seremos em dobro.

Paz, muita Paz Irreverencial a Todos.

O SEMEADOR

Cada semente tem uma planta pequeninha lá dentro.

Se a semente não for posta em terra boa, com bastante espaço para deixar as raízes espalharem-se e acharem comida e água, a semente não cresce e não será uma planta que produza fruto.

Jesus contou uma história a um grande grupo de pessoas.

Ele usou a comparação da sementeira porque as pessoas naquela altura sabiam muito sobre essas coisas.

Muitas eram agricultores e toda a gente dependia deles para conseguir a comida.

Por isso, Jesus sabia que as pessoas iam entender o que estava a ensinar.

Um semeador saiu para semear.

Tinha um saco, cheio de sementes, e enquanto andava pelo campo, deixava caí-las, pouco a pouco.

Enquanto semeava, uma parte da semente caiu ao pé do caminho.

Ali, a terra era dura porque as pessoas a pisavam quando passavam.

As sementes não conseguiram introduzir as suas raízes naquela terra, portanto  cresceram por cima dela.

Não passou muito tempo até as aves virem e comerem todas as sementes.

Outra parte das sementes caiu em pedregais.

Aí havia muitas pedras e pouca terra.

As raízes começaram a crescer dentro da terra, mas havia tantas pedras que aquelas não podiam segurar-se na terra.

Quando veio o sol, as plantas queimaram-se, secando-se.

Algumas sementes caíram entre espinhos.

No princípio, começaram a crescer bem, mas brevemente os espinhos cresceram mais fortes do que as sementes e sufocaram-nas.

Mas, nem todas as sementes caíram em terra dura, ou foram comidas pelas aves, ou foram sufocadas pelos espinhos.

Algumas sementes caíram em terra boa.

Estas sementes tiveram raízes profundas e cresceram fortemente, dando fruto.

Algumas produziram mais de 30 sementes, outras 60, e algumas deram mesmo 100 sementes.

Cada planta cresceu apenas duma só semente.

Tudo isto aconteceu porque a semente caiu em terra boa.

Jesus contou-lhes esta história, ou parábola, para ajudar as pessoas a entenderem uma lição de Deus.

Jesus explicou a história assim:

As pessoas que ouvem a Palavra de Deus, mas não a escutam, são como a semente que caiu em terra dura:

a verdade da Palavra de Deus não pode entrar e ter raízes.

Como a semente que foi comida pelas aves, a semente de Deus, a Bíblia, é tirada dos seus corações pelas coisas do mundo que parecem mais divertidas.

Ex. Brinquedos, dinheiro, praia, praticar desporto, amigos, etc.

Algumas pessoas ficam contentes ao ouvir a Palavra de Deus, mas, têm uma terra cheia de pedras e a Palavra só pode ter raízes curtas:

chega a angústia e os problemas da vida, e elas murcham.

A verdade da Palavra de Deus não pode crescer nos seus corações.

Às vezes, a Palavra de Deus é aceite com alegria e começa a crescer.

Mas, depois os espinhos do mundo começam a crescer.

O pecado tem grandes e fortes raízes e estrangula o desejo de seguir a Palavra de Deus.

Os espinhos do pecado ganham.

Estas pessoas sabem o que Deus diz na Sua Palavra, mas não querem obedecê-lhe, nem  deixar as coisas más das suas vidas.

Felizmente, algumas pessoas ouvem a Palavra de Deus e aceitam-na.

Deixam a Palavra crescer nos seus corações e ter raízes fundas.

Elas obedecem à Palavra de Deus, deixando-a controlar as suas vidas;

ficam fortes e dão fruto.

Quatro coisas aconteceram às sementes do Semeador.

Quem se lembra-delas?

Terra dura, terra pedregosa, terra com espinhos, e terra boa.

Nós devemos pedir a Deus que tenhamos corações como a terra boa, onde a Palavra de Deus possa crescer e dar fruto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.