domingo, 8 de janeiro de 2017

A busca é Eterna

O destaque de uma pessoa, um ser humano, não está em Cursos Superiores, nem ao menos num simples ensino fundamental.

O Caráter identifica o ser humano, suas qualidades, habilidades e consciência.

Um indivíduo pode ter quantos Cursos puder fazer, mas se ele não nasceu com as qualidades necessárias à sua profissão, vocação, ele nunca será um profissional qualificado.

Existem Técnicos em Enfermagem, Médicos, Professores, Engenheiros muito bons no que fazem, mas tratam mal seu semelhante.

A disposição ao trabalho está aliada à condição de tratar bem a todos, sem distinção e preconceito.

Não somos felizes ao sermos tratado mal.

A felicidade não é isso.

Existem muitos analfabetos e semi-analfabetos que fazem muito bem seu trabalho, com mínimos recursos, mas com talentos fora do comum.

A profissão não significa nada, se a pessoa não pratica com carinho e amor.

Ser profissional é respeitar o direito do próximo e respeitar a profissão de cada um.

Sabedoria é uma coisa, ter cursos e mais cursos é outra coisa.

Muitas e muitas vezes o profissional, ensina e, acha que sabe tudo.

Certa vez, no tempo da Roma antiga, um Engenheiro da construção civil estava num dilema interessante, tinha que construir um templo, mas a fundação do terreno não era das melhores.

Ele, o Engenheiro, tinha um amigo de infância, que não era engenheiro, embora trabalhasse na construção civil.

Foi até o amigo e perguntou se podia lhe ajudar com um problema dos grandes.

Seu amigo lhe disse que, desse uma semana, para que ele encontrasse a solução.

Em três dias o humilde amigo lhe entregou uma planta, toda detalhada sobre o que fazer para solucionar o caso.

O engenheiro adorou o projeto que o amigo fez, levou-o a seu superior e o projeto foi aprovado.

Pediu a o Rei que colocasse o nome de seu amigo no edifício em obra, e o rei sem entender, disse ao engenheiro qual o motivo.

O engenheiro lhe explicou tudo, com todos os detalhes e o rei gostou e colocou o nome do edifício, do seu amigo, conforme combinado.

O seu amigo foi promovido e passou à chefia de gerenciamento de obras.

O impressionante foi que o Engenheiro não hesitou em contar a verdade ao rei.

Isso é importante.

Admitir o profissional, com ou sem curso superior, isso vale muito.

A humildade  conta muito, e ser profissional é saber fazer conforme sua vocação.

Se tem curso superior, não jogue isso na cara de quem não tem, pois essa pessoa, ofendida ou não, poderá lhe ser útil um dia, e, mesmo que não seja, ficará com péssimas lembranças de você e, isso conta muito.

O mundo precisa de você, mas você precisa muito mais do mundo.

A sobrevivência não está no pesadelo e sim no sonho.

A vida é amarga, dura e difícil.

Dizem que o pobre, carente de Poder Aquisitivo sofre mais que o rico, por não ter oportunidades e nem como progredir como o rico.

Certo, digamos que sim, mas também existem coisas bem piores que a Morte.

Ter dinheiro é ter felicidade?

Não acho isso possível.

O dinheiro retarda a evolução material do indivíduo, não o deixa estudar e nem ter a moral que um grande magnata pode ter.

Verdade.

Mas a dignidade humana não é guardada nos cofres da vida, é distribuída e designada a cada um que a mereça.

Ser digno é ser sábio e honrado, isso o dinheiro não compra jamais.

Será que tudo isso vale mais que dinheiro e poder material?

Claro.

Muito mais.

Somos capazes de vasculhar lixo, comer o que o rico jamais comeria, mas o caráter é um tesouro guardado dentro de cada um.

Uns conseguem encontrar, outros se perdem na escuridão.

Difícil saber se tudo isso acontece mesmo.

Ao nascermos temos o dever de progredir e não devemos ficar em cima do muro.

O bem e o mal estão próximos e juntos.

Então, você tem a distinção de escolher, com quem vai ficar?

Bem ou mal?

O mal te dá poder, fama, glória e tudo que o materialismo pode comprar.

Amigos, mulheres, fama e muito mais.

Então você fica no topo da pirâmide, com muita moral comprada, amigos que te abraçam e mulheres que o amam.

Você se julga Deus e começa a reinventar a vida, prega seu evangelho e se concretiza o Matrimônio Perfeito.

Poder e Maldade.

O Bem nem de perto chega.

A pobreza, nem se fala.

Tudo é vida, poder e sonhos por se realizar.

Enquanto, se escolhesse o Caráter, honradez e sensatez.

Seria outra história, outro mundo e muito sofrimento.

Iria chorar quase todas as noites, sem ter pra onde ir, nem o que comer.

Os lixos eram sua esperança de futuro.

As pessoas o evitariam, pelo mal cheiro e por muitas críticas infames.

Você seria um devoto da miséria, nem nas igrejas mais distintas poderia entrar.

As esperanças eram remotas e amigos, nem pensar.

O medo do hoje e do amanhã o atormentariam.

Falaria com Deus a todo momento pedindo uma resposta do porquê de todo sofrimento.

Ficaria sem ação, sem solução e viveria como um cão.

Sua moral não existiria, nem tampouco a palavra final.

Não teria voz ativa.

Não seria ninguém.

A diferença entre Ter e Ser é tanta, como o óleo e a água.

Nunca se juntam.

Podem até viver lado a lado, mas nunca se encontram.

A vida perdeu seu rumo há muito tempo.

A lucidez nem existe mais.

Mas há coisas que ainda não podemos pagar, nem se quiséssemos.

A beleza da manhã.

O calor do sol ao meio dia.

As tempestades de chuva, com volumosas quantidades de água que vem do céu.

O Por-do-Sol.

A Lua.

O luar com a solidão iluminando a todos com seu raio limpo e saudável.

O amanhecer do dia anuncia uma nova batalha.

A natureza, mesmo nas grandes cidades.

Árvores, animais e os terríveis insetos.

Tudo isso forma o nosso mundo gratuito.

O mundo que pagãos e não-pagãos conseguem ter só pra eles.

É de todos.

De graça.

Quem consegue ficar velho consegue entender tudo isso com mais clareza.

Quem consegue entender na mocidade, consegue ser eternamente feliz.

A felicidade da vida não é mais importante que seu dinheiro.

O seu dinheiro compra luxo e comida.

Seu dinheiro é o ingresso de uma vida social perfeita.

Consegue de tudo, ou quase.

Você, com seu dinheiro é amado pelos tolos.

Seu dinheiro compra tudo o que consegue querer.

Ao contrário de quem nunca teve nada, muito menos dinheiro.

Às vezes a felicidade vem do sofrimento.

Às vezes é preciso sofrer, para ter uma visão do mundo.

O luxo, ostentação e vaidade não o deixam entender.

Afinal, pra que entender, se tem tudo que quer.

Triste essa situação.

O pobre e a riqueza não podem se misturar jamais.

Assim como o óleo e a água.

Mas existem pobres amargurados, que caem na escuridão e, fazem o mal.

Existem também muito mais ricos, em sua maioria, que sempre viveram na maldade e sempre caminharam na escuridão.

O mal está do lado de quem quer o mal.

O mal é poder.

O rico é ganancioso, mesquinho, ridículo em seus atos.

O pobre não tem nenhuma opção de vida saudável, vive em meio a doenças e pestes.

Come muito mal.

Dorme sem conforto.

Vive como um bicho selvagem e, muitas vezes é assim que é tratado.

O pior de tudo, somos todos iguais.

Mais iguais em quê?

Qual igualdade temos se, não somos quem deveríamos ser.

Se tem dinheiro, tem visitas a toda hora.

Se não tem dinheiro, as visitas são escassas.

Se tem dinheiro a solidão e amargura são praticamente impossíveis.

Se não tem dinheiro, vive na melancolia.

De tudo isso, somos únicos, mas não os únicos do Universo.

Somos nós quem deveríamos fazer a diferença.

Mas, fomos corrompidos com a chegada do dinheiro.

O ser humano se corrompeu, vive na escuridão da dúvida e incerteza.

Muitos falam no fim, outros nem tocam no assunto.

Mas o que será que tudo isso pode ser?

O que fazer para mudar isso?

Como faremos?

As respostas chegam a toda hora.

Sejam Círculos nas Plantações.

Sejam sinais nos Céus.

Mas as pessoas estão ocupadas demais, para se preocupar com isso.

Dormem abraçados com seus cartões de crédito, sonham com os tais dias melhores.

Mas esses dias nunca acontecem, nunca chegam.

Deus envia seus anjos, ajudantes, sejam por meios comuns, sejam por outros meios.

Deus puxa as orelhas da gente com catástrofes, coisas da natureza.

O homem só tem a culpa.

O homem culpa a natureza pelos desastres, mas não sabem porquê eles acontecem.

A natureza faz seu papel divino.

Ação e Reação.

Aqui se faz, aqui se paga.

Quem destrói será destruído.

Colher o que planta.

Essa é a Regra.

Se trata alguém bem e com decência, será tratado da mesma forma.

Se trata mal, mal será tratado.

A busca está no bem, a maldade é o desvio.

A alto-estrada da vida está muito esburacada, cheia de altos e baixos.

As sinalizações existem, mas ninguém as obedecem.

As pontes são muitas, mas ninguém percebe sua importância.

Há muitos desvios, atalhos, mas o preço é alto.

O mal cobra pelo que lhe oferece.

O bem é de graça.

Mesmo assim, o mal parece triunfar.

O mal está ganhando a batalha.

O bem está fora de moda.

É muito fácil fazer cara feia do que sorrir.

É muito fácil bater do que apertar as mãos e dar um forte abraço.

O mal dá tudo, poder e bem-estar.

O bem te dá o conforto da felicidade, mas não te dá luxo e nem ostentação.

O mal dilui sua vida e depois a recolhe.

O bem fortifica e engrandece tudo que você possa ter, não precisa ter muito para ser você mesmo.

Homens, mulheres e crianças, animais e natureza, deveriam confraternizar.

As pessoas se trancam em suas casas.

Ficam longe da luz do sol.

Correm quando chove.

Não gostam da chuva, pois molham suas vestimentas caras, seus sapatos impecáveis.

As pessoas não se dão conta que tudo isso está acabando.

No tele-jornalismo, tempo bom é tempo de sol.

Tempo bom é tempo de chuva.

A chuva traz vida, traz muita coisa boa.

Sejam torrenciais ou calmas.

As chuvas sempre são bem-vindas.

Mas a nobreza diz que o bom é tempo de sol.

A nobreza quer sol para que possam ir ao clube e à praia.

Nem só de clube e praia vive o homem.

Há lavouras, umidade, bem estar com o ar que respiramos, as árvores e a natureza.

Tudo isso é mais importante que praia e clubes.

Mas o ser humano quer ostentação e vaidade.

Não quer nem saber de natureza.

Só de ter seu dinheiro para esbanjar, gastar à toa.

É isso.

Melhor gastar seu rico dinheirinho com futilidades que ajudar o semelhante que definha pelas calçadas da desilusão.

As palavras ditas aqui talvez muitos discordem.

Muitos nem vão saber, mas muitos vão mudar.

A mudança é necessária, é coisa boa, principalmente para o bem.

Ser bom é ser digno.

Ajudar é melhor.

Crer é mais e mais.

Crer é tudo.

Acreditar é preciso.

Os sonhos tem que ser realizados.

Mas devemos acordar e por os pés no chão.

Ter atitudes que os tornem diferente por fazer alguma coisa que possa valer a pena.

As palavras aqui ditas não vão mudar você.

As palavras aqui ditas vão despertar o que há dentro de você.

Você é bom e deve fazer o bem.

Você é muito mais que pensa ser.

Os grandes nomes da paz precisam ser expandidos.

Temos os grandes nomes da paz do passado e, temos que ter grandes nomes do presente.

Temos que reeguer as forças do bem.

Mudar opiniões.

Tarefa difícil.

Claro que sim.

É difícil mudar o que já existe.

É difícil lutar contra o mal.

Mas se você fizer a diferença, isso é muito nobre.

As pessoas se escondem em celulares, tablets, computadores e televisões.

As pessoas se escondem de si mesmas.

Devemos mudar isso e acordar.

Devemos ter união, amor e muita paz.

Não devemos pensar em brigar.

Não devemos deixar de amar o próximo.

Existem muitas maneiras de atiçar o mal e poucas opções pro bem.

Existem as tais lutas livres que exibem nas televisões, há shows, de puro horror e violência.

As pessoas adoram.

Mas quando acontece o bem, tudo é muito extraordinário e logo esquecido.

O mal está em todo lugar.

O bem também, só que no esquecimento.

Devemos acordar o bem e saber que é no bem que, devemos encontrar o que procuramos.

Não caiam na obscuridade.

Façam o bem, por mais difícil que seja.

As coisas estão tão ruins, e muita vezes, por sua culpa.

Hoje em dia é tão humilhante pedir perdão, desculpas.

É tão fácil se corromper.

Tão difícil ajudar as pessoas sem se preocupar, com o que está perdendo.

As pessoas só fazem as coisas pensando em ganhar, ganhar dinheiro e outras coisas mais.

Se vão perder dinheiro, não vão por esse caminho.

Só o lucro lhes interessam.

Lamentável.

Jesus pode chorar até dizer chega, que as pessoas não estão nem aí.

É fácil ver crianças esqueléticas, seja na África ou em outro lugar no mundo, e não fazer nada para mudar isso.

É facil ver as desgraças dos outros acontecendo e não fazer nada para ajudar.

As pessoas sorriem das imperfeições de seu semelhante.

O mal nem precisa se esforçar para entrar em sua vida.

O bem nunca é convidado, por ser careta, brega e muito fora de moda.

O bem é um estilo que está morto.

O mal prevalesse.

Você pode mudar, você pode fazer acontecer.

Não ria de alguém que cai na sua frente, o ajude a levantar e o trate com respeito.

As mídias televisivas pregam que quando alguém cai, acontece algo imprevisível, você tem que achar graça, tem que sorrir da dor de seu semelhante.

Se você não sorrir, não está dentro do esquema deles.

Isso é o mal.

Quando você escorrega e cai, fica com muita vergonha, porquê os outros vão sorrir de você, assim como deve ter sorrido de alguém que passou pelo mesmo episódio que você.

Isso é maldade.

Engraçado o que acontece com os outros, mas quando acontece com você é desastroso.

Isso não pode acontecer jamais.

Nunca sorria de quem cai na calçada ou em outro lugar.

Ajude essa pessoa a levantar e veja se está ferida.

Não faça o que os poderosos querem que você faça.

Os Senhores do mundo querem dominar você e querem que você faça o que eles querem.

Isso é uma forma clara de Submissão.

Seu curso superior não compra a sua felicidade.

Seu dinheiro não compra sua liberdade.

Seu espírito não se compra e nem tampouco deve ser corrompido.

Seja você em tudo, em todas as ações e será feliz sim.

Não corrompa para não ser corrompido.

Seja sempre bom e faça o bem.

Isso mudará sua vida.

Assista o vídeo clicando AQUI.

Paz irreverencial a todos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.