segunda-feira, 6 de março de 2017

Meu futuro Lar

O que mais espera de você mesmo(a)?

Nossas vidas turbulentas, na correria em busca de sucesso.

Mas, se você já tiver o sucesso em sua vida e não sabe disso?

Somos eternos em sã consciência, e nem queremos saber disso.



Certa vez, eu parei, pensei, refleti muito, faltava 5 minutos para chegar ao trabalho, resolvi voltar pra casa e curtir o sol, o dia e a noite, isso foi em 1989, eu tinha 25 anos.

No outro dia, cheguei no trabalho e meu chefe indagou porque faltara no dia anterior.

Eu disse que até tinha chegado lá, mas resolvi voltar e aproveitar o dia, o sol e a noite.

Então ele me disse, sabia que você fez muita falta?

Se você pensa que as pessoas não sentem sua falta, está enganado.

Lamentei o ocorrido, mas disse que foi uma coisa repentina, e tive um pressentimento ruim também.

Mas , pedi desculpas e fui trabalhar.

Nesse dia, foram tantas pessoas que me perguntaram porque não havia trabalhado no dia anterior, perguntaram se eu estava doente ou aconteceu algo na família.

Pessoas que nem sabia que se importavam comigo.

A cada uma delas, dei a mesma explicação, palavra por palavra.

Me senti alguém importante, não a importância de poder, mas a importância de se sentir presente no dia-a-dia das pessoas.

Quase todos os dias, indago a Deus, digo a ele que me guie quando eu não pertencer mais a essa existência, para garantir, peço isso a Santos, Anjos e quem estiver sintonizado comigo, no éter de todas nossas vidas.



Nosso Lar, nossa riqueza, tudo isso transpassa barreiras, somente o Ego destrói e o Amor restaura.

Estive um bom tempo de minha vida, estudando meditação, mantras, sânscritos.

Estive um bom tempo me dedicando a mim, perdoando a todos que me tenha ofendido, mas foram tantos perdões, muitos mesmo, perdi a conta.

Mesmo assim até os dias de hoje as pessoas fazem questão de me ofender.



Eu tenho perdoado, mas jamais esqueço, não guardo rancor, mas fico esperto.

Tudo isso são os alicerces para vidas futuras.

Muitos se preocupam em modificar os azulejos e cerâmicas de suas casas, mas não se preocupam em renovar o seu íntimo, a renovação verdadeira.

A causa da vida nunca foi a morte, o desencarne, mas o aprendizado de quem vê e ouve o que o Criador nos propõe.



Difícil dormir direito com a consciência pesada.

O verdadeiro lar é o que levamos em nossos corações, nossos pensamentos, nossas atitudes para o bem, sempre...

Difícil perdoar certas pessoas, praticamente impossível, mas o perdão é uma ferramenta que apara as arestas mais imperceptíveis de nosso brutal ego do poder e da ganância de querer ser melhor que o seu semelhante.

O Lar é um local divino e sagrado, é no lar que sorrimos, choramos, temos prazer, resolvemos nossos problemas e também aliviamos as cargas indesejáveis do dia-a-dia.



O verdadeiro Lar está por vir e quando chegar a hora, lembre-se que aqui na terra fomos abençoados de ter nascido, gerado e cresemos, aprendemos e temos o livre arbítrio, ao contrário de quando desencarnamos, pois vamos de sã consciência, sabendo de tudo da vida que passamos e o pior de tudo, acostumados com a vida da terra, de repente nada disso não existe mais.

Ao contrário de quando nascemos na terra, "sem saber" de nada, esquecidos das vidas passadas, um novo mundo acontecendo.

Quando partimos, vamos com todo esse conhecimento, lembrando de tudo e de todos, que sofrimento hein!!

Acostumados com a família e amigos, mulher, esposa, namorada, filhos, parentes e amigos, sem falar do trabalho, conhecimentos adquiridos, e essas coisas.

Pensem nisso.

Pois, ao partirmos, do outro lado, não mentimos, não porque somos coagidos, negativo, é a necessidade do espírito, do dever cumprido, seja ele bom ou ruim, mas a verdade é constante naqueles mundos...

Muita Paz a todos, mesmo aos mal resolvidos.

Paz "Irreverencial"...



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.