terça-feira, 18 de abril de 2017

No Silêncio da Noite

Muitas obras poéticas, góticas e outras mais sintetizaram em sua maior performance, o Silêncio Noturno.

É à noite que mais e mais pessoas deixam seu trabalho carnal, seja nos hospitais, seja em qualquer lugar.

É na calada da noite que os bandidos infames decepam vidas em busca de riquezas sujas, ou apenas para saciar seus vícios infernais.

Mas é à noite que corpos sedentos de prazer material se juntam, dizendo que estão amando.

O Amor é uma coisa, Sexo não é Amor.

As coisas carnais deveriam ser bem explicadas, desde a infância de qualquer indivíduo.

É à noite que muitos solitários se despedem desta vida com o equívoco de que a morte é o fim.

Se realmente estivéssemos aqui, somente para comer, beber e outras coisas mais, nada faria sentido.

Há milhares e milhares de universos "paralelos", as chamadas Dimensões.

À noite choramos de saudades, de dor, por um amor perdido, por um ente querido que partiu para algures do Universo.

A dor do Amor perdido certamente é diferente.

Quando estamos com quem amamos, certamente imaginamos ser para sempre, isso quando realmente amamos.

E, por algum motivo esse vínculo se quebra, a dor da perda desse amor machuca e corrói e à noite essa saudade, essa dor, chega com sua força, total.

Uns preferem o lado negro do álcool e das drogas, para apagar da mente tal sofrimento.

Outros procuram o caminho do sofrimento eterno do suicídio, e na maioria das vezes é à noite que ocorre tudo isso.

O silêncio, as madrugadas vazias, o orvalho que lava, mas não arranca do peito a dor da perda da(o) Amada(o) querida(o).

Mas em sua maioria, isso ocorre mais aos homens.

As mulheres não são como os homens, seu jeito de ver tudo isso é diferente.

Elas parecem não sentir tudo isso, mas os homens, com certeza, padecem desse mal.

Mas o Amor perdido é uma das dores da noite.

A perda dos entes queridos, amigos, que finalizam seu trabalho terrestre é muito mais dolorosa à noite.

A noturna doença da dor da Perda, da Paixão, do Amor, da Solidão.

O silêncio chega como uma pluma espessa, trazendo as mais íntimas mágoas, sentimentos e a dor da solidão.

A solidão machuca, e à noite a dor é maior.

Quem sofre de tudo isso odeia a noite.

A noite é uma dimensão terrível e também divina.

Pois à noite os casais enamorados falam de si, da vida e de tudo que passou e que talvez haverá por vir.

É à noite que a meditação acontece com mais clareza, a escuridão pode ser o caminho para quem quer encontrar a luz.


Somos vítimas eternas de sentimentos que não compreendemos ainda.

As torturas que a escuridão esconde também são as alegrias de muitos.

A dor de uns e alegrias de outros.

O sorriso de dias e noites felizes para uns, e dor, amargura e sofrimento para muitos.

O Criador deve saber e muito bem, o que faz, deve saber o porquê desse sofrimento que queima, destrói e nos deixa em posições de tal forma que a única saída seja ceifar a própria vida.

Existem tantas literaturas, palestras, tantos avisos para tal acometimento não seja feito.

Mas ninguém sabe da dor daquela pessoa que destruiu a própria vida.

É muito ruim.

Um amigo, que amava muito seus pais, inclusive sua Mãe, me disse uma vez que quando sua mulher, esposa, uma pessoas que ele amava, pediu a separação, o sentimento que teve foi dez vezes maior que a perda de sua Mãe e seu Pai.

Ele disse que mesmo depois de de três anos ainda perdura aquele sentimento de perda, me disse que sua vida não tem mais sentido e que tanto faz estar vivo ou morto, ele ainda fez um comentário de que não sabe se está indo ou voltando, tudo desmoronou.

Ainda observou meu amigo:

- A "Ex" deu a impressão de nem se importar, arrumou outro e fica postando fotos nas redes sociais com tom de provocação, dizendo que agora ela é feliz e que comigo isso não existia.

Disse ainda:

- Eu nunca fiz nada que ela ficasse aborrecida, tentava a todo custo agradar em todos os sentidos.

Pois bem, como vemos acima, o ser humano, em especial, a mulher, é muito imprevisível.

Mas existem muitos sentimentos de tristeza que nos aflige à noite, são sentimentos de dor carnal, no caso de doenças físicas.

É à noite que essas coisas ficam piores.

Mas, o Criador sabe que isso acaba e que um dia o alívio chega.

A escuridão esconde mais sofrimentos que alegrias.

Não seja obscuro, tente agradar, respeite os sentimentos do próximo(isso vale às mulheres) e perceba que tudo que acontece com o próximo pode acontecer com você também.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.