domingo, 21 de janeiro de 2018

A Nuvem Passa...

Desci um monte, subi ao altar dos Deuses.

Brilhei na escuridão.

Os amargos e dessabores da vida não me deixam fraco.

As cintilantes lacunas das estrelas, o queimar do brilho do sol, o vento que areja o ar, o nascer e o por do sol, tudo passa.

O sofrimento é puro e constante, sem saída uns procuram a escuridão do suicídio.

Melhor ficar vivo e esperar pra ver, pode ser fracasso, pode ser vitória.

A batalha é constante, nunca venci, mas a cada perda, um ensinamento.

Perder, só uma vez, perdi várias, não custa nada perder outras mais.

O clarão da esperança é subjetivo, abstrato, mas é suficiente para manter um espírito em seu corpo material.

A solução é esperar pra ver, não compre sua passagem antecipada para algures do desconhecido, espere mais, faça como Eu.



A dor, sofrimento e desilusão fazem parte da vida.

Uns nascem pra sorrir e outros pra sofrer.

Sou homem e como todo homem, gosto muito de mulheres, sejam lindas, sejam simples, sejam esnobes, todas são lindas.

Desde criança percebi que as pessoas lindas, em especial, as mulheres, sempre são alegres, mesmo que seja uma falsa impressão de alegria.

As pessoas bonitas dão a impressão que são muito felizes.

Mas, pessoas com ambição, que amam o Poder Aquisitivo e se esquecem que viver é que vale mais, elas parecem ser muito tristes consigo mesmas.

Pessoas de bem, sem assuntos mal resolvidos, essas pessoas dão a impressão de Paz e tranquilidade.

Pessoas "feias", com problemas físicos, pessoas que sofrem desde que nasceram com a discriminação, essas pessoas, quase sempre, são amargas.

Isso não se aplica a todos.

Mas, em sua maioria, o amargo da discriminação, a rejeição, os torna muito tristes e com isso vem a revolta, onde o amargo da intolerância toma rumo, o "pavio" explode e tudo se torna denso.

Somos Universos, cada um tem o Universo que merece.

As pessoas morrem, pessoas morreram e outras estão nascendo, vem tecnologia, desenvolvimento, mas o sofrimento humano aumenta a cada dia.



Somos péssimos em ajudar os menos favorecidos, uns dão míseras moedas ao pedinte, mas não o tiram daquele lugar, só o ajudam a permanecer ali mesmo, sem esperança, sem nada a perder, muito menos a ganhar.

Jesus passou na terra e até seu nome foi mudado.

O descontentamento, a ganância, o caos social cresce.

Pessoas se isolando, depressivamente se matando, procuram o mar da escuridão.

Quando alguém conhecido comete o sacrilégio do suicídio, logo vem a pergunta:

- porque não me procurou?

Eu poderia ajudar.

Muitas e muitas vezes procuram, mas as pessoas estão ocupadas demais para ouvir um(a) amigo(a).

Os afazeres da ganância de querer Ter, superam a luta de Ser.

Então a pessoa solitária, à procura de um ombro amigo comete a maior das tentações da carne e do desespero, o suicídio.



Infelizmente é melhor Ter do que Ser.

A solidão nos dias tão comunicativos, cresce assustadoramente, num mundo onde a magreza é que importa, o físico, a vaidade, o bem material é que prescinde a subscrição predileta do materialismo.

As pessoas estão sempre ocupadas, só não estão ocupadas quando há algum interesse, que quase sempre é material.

É tão bom envelhecer, mesmo com as doenças que aparecem, mesmo que sejam terminais, isso não importa, mas envelhecer é bom.

É com certa idade que entendemos tudo, o porquê das coisas, mas os que estão começando aqui na terra, não pensam assim.

O consumismo material, o sexo e drogas falam mais alto.

Pessoas se corrompem ao mal social, consumismo e luta para chegar ao topo da pirâmide do mal.



O bem é descartado, o simples é eliminado.

Casas bonitas com quadros nas paredes, assim como as novelas e filmes pregam.

A televisão, o bem estar que invadiu lares, corrompeu a família, transformou gerações em abominações.

A internet foi convidada pela televisão, se aliaram.

O mal da informação, mais fácil acreditar num engravatado, corrupto e infame do que num simples cidadão das ruas.

Cursos superiores viraram status social.

Estudar para aprender?

Já foi o tempo.



Concursos Públicos devastando, arrasando, deturpando a simples opção de ter um "Ofício" à altura do desempenho de cada um.

Não se estuda mais para ter uma profissão, se estuda para fazer concurso público.

Ofício, nem sabem mais o significado dessa palavra, pra que saber?

O ser humano se ocupa demais planejando o futuro, quando o futuro chega, ficam com saudades do passado.

O dia passa, o ano passa, a década passa e a vida também.

O Afeto e o Carinho, calor humano, isso está obsoleto nos dias atuais.

O número de suicídios sobe a cada dia, o único mal que Deus não perdoa.

Pessoas frustradas com emprego, em estar mais pobre que antes, sem falar em adultérios, muito mais comuns que antes.

Fatos que se associam à vergonha, mas se um(a) amigo(a) confortassem essas pessoas, esquecessem que o dinheiro não é nada em nossas vidas, o suicídio seria escasso.

A frustração de perder o emprego, não ter dinheiro, a traição, a perda do status adquirido, tudo gera suicídio.

Infelizmente temos isso em nossas vidas.

Pessoas sofrem, passam por desilusões, perdem tudo de material, perdem seu grande amor, perdem a dignidade, perdem a vontade de viver.

Melhor esperar pra ver acontecer, se nada melhora, piorar, deixe que piore, se nada mudar pra melhor, que deixe o mundo se acabar, mas deixe sua vida aproveitar o tempo que ainda resta.

A natureza, pássaros, árvores, os campos verdejantes, um bichinho interessante, algo simples que você nunca tenha notado antes, pode ser sua alegria agora, já que perdeu tudo de mais valor, procure algo que nunca tenha percebido e veja o que perdeu esse tempo todo.

Ajude pessoas que estão passando pelo sofrimento que você também está passando.



Vai se surpreender com muita coisa, coisas que sempre estiveram em seu meio, mas você nunca quis ver, passava despercebido.

A correria para manter o que você tinha o cegava das verdadeiras coisas de valor, ajudar o próximo, aquele bichinho que você nunca parava pra ver, aquele passarinho, aquela flor, o próprio céu, seja chuvoso ou em tempos tempestuosos.

A ganância cega, o priva de ver as coisas realmente belas.

O que antes você tinha medo de acontecer, está acontecendo, então, conviva com isso e deixe a vida seguir seu curso, se cometer suicídio, poderá perder as verdadeiras riquezas de sua vida.

É verdade que é trágico, triste, perder alguém que ama, seja por morte, seja por separação, seja marido, seja mulher, seja filho, irmão e outras coisas, o tempo cura, isso é a verdade mais verdadeira que existe.

Na hora, no ato, a vontade é sempre essa:

- tirar sua vida.

Mas a sua vida é isso.

As tormentas, mudança de rumo, tristeza, lágrimas, isso nos fortifica para o que há por vir.

Não seja fraco(a), seja você mesmo(a), lute, procure sempre uma saída, mas nunca procure Drogas, Álcool e essas coisas.

Procure sempre soluções que possam amenizar seu estado atual.

O tempo cura, isso á fato.

Por favor, eu não conheço você, mas acredito em você, não se mate, faça isso por mim, você não me conhece, mas me importo com você.

Se uma pessoa que você nem conhece se importa com você, então você é importante.

Não tenho religião, mas sou religioso, faço minhas orações, falo com Jesus, Deus e quem quer que esteja ao meu lado.

Acredito que há algo muito maior à nossa espera depois dessa vida, mas temos que cumprir nossa estadia nesse planeta, nesse mundo denso, nesse mundo material, denso em todos os sentidos.

Eu me preocupo com você, porque Eu me preocupo comigo e do mesmo jeito que eu quero o bem pra mim, desejo o dobro pra você...

Muita Paz a você e sua valorosa vida.

Não veja o lado ruim, procure sempre o positivo e ignore o negativo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.